Home / Blog / Eletrônica / Produtos Químicos para a Eletrônica

Produtos Químicos para a Eletrônica

que vai ser útil em sua bancada. No geral estes produtos não são perigosos, só que alguns são extremamente inflamáveis e devem ser usados de acordo com as especificações dos fabricantes.

Álcool Isopropílico

O álcool isopropílico é um produto químico, um álcool incolor e de forte odor, ele tem menos de 1% de água em sua composição, esta característica o torna um produto eliminador de umidade, sendo muito útil na limpeza de equipamentos eletrônicos, ajudando na evaporação de líquidos, removendo oleosidade com a vantagem de não comprometer o circuito eletrônico após sua secagem.

Álcool Isopropílico
Álcool Isopropílico

Por conter baixíssimos níveis de água a oxidação das peças e componentes é baixa, ideal na limpeza de contatos metálicos de relés, chaves, etc.  Não deixa resíduos, evaporando completamente em segundos.

Pasta De Solda

Pasta de solda ou fluxo de Solda são produtos quimicos praticamente de mesma função, só que um é  pastoso e o outro é liquido. Os fluxos e pastas de solda podem ser feitos com diversos materiais, o tradicional para solda de eletrônica é feita com uma resina de base, um ácido, entre outras substancias em pequenas quantidades.

Pasta para Solda
Pasta para Solda

A função da pasta de solda é a preparação das partes a serem soldadas, removendo quimicamente as oxidações, bem como facilitar a soldagem e retirada do excesso de solda. Também é usada para soldar materiais onde a solda eletrônica comum não adere com facilidade como em chassis metálicos, placas, terminais de pilhas, etc.

Mesmo para eletrônica existem vários tipos de fluxo de solda, cada uma para uma aplicação diferente, a própria solda geralmente já vem com o fluxo solido em seu interior que derrete quando aquecida. Veja em Solda para eletrônica

Spray Limpa Contato

O spray limpa contato é uma das maravilhas da bancada de eletrônica, a composição do limpa contato basicamente é de um solvente para limpeza e um gás propelente, geralmente não inflamável.

Spray congelante
Spray congelante – Foto

O Limpa Contato como o próprio nome diz, faz a limpeza a seco sem deixar resíduos de umidade ou óleo, ideal em aplicações na área eletrônica, como a recuperação da condutividade de conexões e chaves, potenciômetros, trimpots,removendo sujeiras, fuligem, oleosidade e até umidade. Veja em Dica de Como Encontrar os Defeitos Intermitentes usando spray limpa contato.

Graxa Branca ou de silicone

A graxa branca ou graxa de silicone é um lubrificante feito de polímeros de silicone aditivados e é usada para lubrificar engrenagens e mecanismos de equipamentos eletrônicos evitando assim o atrito das partes.

Este tipo de graxa tem excelentes propriedades  para o uso na eletrônica, ele é inerte, atóxico, não corrosivo, tem excelente estabilidade térmica, podendo ser usada em engrenagens plásticas.

Graxa
Graxa

Ao ser aplicada ela forma uma película  lubrificante e protetora em mecanismos e pequenas engrenagens. Ideal para a lubrificação preventiva de mecanismos e dispositivos mecânicos eletro-eletrônicos.

Cola e Tinta Condutiva

Cola e Tinta Condutiva são produtos quimicos praticamente com composições iguais, mas com usos diferentes. Estes produtos condutivos podem ser feitos de diversos materiais condutores não ferrosos como o cobre, grafite, ouro e o mais usado que é a prata.

Uma boa tinta e cola condutiva para uso em reparação deve ter uma baixa resistência elétrica, então fazer tinta condutiva em casa é uma fria, já que não vai funcionar bem , a resistência vai ser alta e pode não ser satisfatória para o bom funcionamento do circuito.

tinta condutiva

A tinta e cola condutiva não pode faltar na bancada de uma oficina de reparo de eletro eletrônicos.  A tinta condutiva é ideal para reparar trilhas cortadas, fazer ou refazer furos metalizados em placas de circuito impresso, blindagem eletromagnética, confecção de circuitos flexíveis, reparos em cabos flex (flex cable), membrana de teclados, etc.

tinta condutiva

Já a cola condutiva pode ser usada como um método de solda a frio, fixar fios em superfícies como vidro, chapas grossas e outros locais onde é impossibilitado o uso das soldas tradicionais.

Verniz Incolor para Eletrônica

O verniz para uso em eletrônica é um produto a base de resina mono-componente e um gás propelente no caso de spray ou solvente na versão líquida. Este tipo de verniz é indicado para proteção e acabamento de placas de circuitos impressos novas ou retificadas, ele protege a placa de oxidação, e facilita a soldagem.

Percloreto de Ferro

O percloreto de ferro é um produto químico usado para a corrosão de placas de circuito impresso durante a sua produção. Ele vem originalmente em forma de sais (sal anidro), liquido ou pô, o liquido corrosivo deve ser preparado quando não for uma solução liquida.

O percloreto de ferro não é um produto inflamável ou combustível, mas é altamente corrosivo, sendo necessário uso de equipamentos de proteção quando manuseado.

Percloreto de ferro
Percloreto de ferro

Quando for fazer a mistura do percloreto de ferro em pó sempre coloque o percloreto na água e nunca a água no percloreto. Essa mistura gera muito calor e é a parte mais perigosa do processo. Dissolva o percloreto de ferro em água comum na proporção de 1/2 Kg de percloreto de ferro para 1 litro de água. Veja mais em Como Fazer Placa de Circuito Impresso

Grafite Em Pô

O grafite em pô como o próprio nome diz é um produto feito de grafite, um super lubrificante que tem a característica de ser seco. Ele tem a opção em spray, mas a mais usada e mais barata é realmente a versão em pô (solida).

O grafite é um lubrificante mineral a seco, muito utilizado em antenas telescópicas, cadeados e fechaduras, ele tem a função de reduzir o atrito mesmo em ambientes corrosivos e hostis.

Pasta Térmica

A pasta térmica é um produto químico geralmente feita com silicone ou óxido de zinco, o mesmo usado na pomada medicinal antisséptica, mas no caso da pasta térmica não é estéril e não deve ser usada como medicamento.

Ela tem aspecto pastoso, cor branca, rigidez dielétrica, não seca, não é corrosiva e nem é inflamável. Ela é uma pasta que tem a função de propagar melhor o calor entre dois pontos facilitando a dissipação de calor gerado por componentes ou circuitos eletro-eletrônicos.

Pasta térmica
Pasta térmica

A temperatura de trabalho da pasta térmica é de até 250º C o suficiente para ser usados em todos os componentes eletrônicos.

WD-40

O WD40 dispensa apresentações, conhecido principalmente por sua ação desengripante, ou seja soltar peças que estejam travadas ou enferrujadas. O nome WD-40 vem de ” Water Displacement, 40th formula “, e o que muita gente não sabe é que quando o WD-40 foi desenvolvido ele era um eliminador de umidade em circuitos elétricos de foguetes e mísseis da NASA, dai o nome ” formula numero 40 de eliminador de água “.

Ele é um spray multiuso e não deve faltar em nenhuma bancada, alias, deveria ser item de primeira necessidade em uma casa. Nunca existiu um produto com tantas utilidades e lendas quanto o WD40, mas sua utilidade não se resume as principais que são como  anti-corrosivo, anti-ferrugem, desengripante, lubrificante, óleo, tira ferrugem e eliminador de umidade.

Entre as utilidades estranhas que o fabricante retrata sobre o WD-40 está a de um motorista de ônibus na Ásia que utilizou WD-40 para remover uma cobra que havia se enrolado em volta do eixo do ônibus e
agentes da polícia que usaram WD para soltar um ladrão nu que estava preso em uma tubulação de ar condicionado, sem contar que o WD-40 tem um fã-clube com mais de 100.000 membros.

Fonte: Nova Eletrotônica 

About zenilto